Quais são os perfis de investidores?

31/5/2021
Quais são os perfis de investidores?

Você sabia que existem perfis de investidores? É isso mesmo. Então, se o mercado de investimentos faz parte dos seus interesses, é importante saber qual o seu perfil. Isso porque essa informação poderá te ajudar na hora de cuidar da sua carteira de investimentos.

Primeiramente, deve-se entender como esses perfis de investidores são encontrados. Assim, as definições partem de análises sobre suas particularidades quando se fala em investimentos. Além disso, o risco que está presente no mercado e a sua reação a ele também ajuda a determinar seu tipo de investidor.

Dessa forma, fica muito simples de se determinar qual é o perfil de investidor de alguém através de algumas questões. Com isso, é mais fácil de entender quais são as melhores carteiras para a sua personalidade.

Outro ponto, é que o investidor que permanece fiel ao seu perfil pode ter mais sucesso durante as negociações. Esse tipo de conceito é chamado de Suitability. Ou seja, todos podem ser encontrados nos perfis de investidores, mesmo que ainda não saiba qual deles.

Então, é preciso ficar de olho na forma como você lida com os acontecimentos no mercado financeiro. Isso porque tudo está conectado com seus objetivos e personalidade. É claro que você deve imaginar que não é interessante agir contra sua personalidade.

Essa dica vale para todos os aspectos e situações da vida, já que essa ação pode trazer consequências negativas. Sendo assim, quando se fala de investimentos, o resultado pode ser ainda pior, afetando pesadamente a sua carteira.

É preciso entender o seu perfil para que seja possível aplicar dinheiro em produtos compatíveis com seu perfil. Sem isso, você vai poder perder a tranquilidade, por conta das chances de comprometer seu capital em curto prazo. Também existe a ansiedade de deixar de ganhar dinheiro.

A importância de conhecer os perfis de investidor

Para entender essa necessidade, é preciso imaginar uma situação. Então, pense que você está iniciando no mercado dos investimentos hoje mesmo. Assim, encantado com o mundo das ações, você começa a fazer negociações de curto prazo, como swing trade e day trade.

Porém, você faz isso sem entender seu perfil de investidor. Dessa forma, se o seu caso for um perfil conservador, é possível que venda todos os ativos ao notar que seu dinheiro vem perdendo valor momentâneo. Mas, isso é comum em renda variável e apenas irá criar prejuízo desnecessário.

Ou seja, isso significa que você está apresentando características comuns para investidores que aplicam em riscos que não suportam. Isso porque a pressão emocional pode fazer com que a venda do ativo seja afetada.

Além disso, algo similar pode acontecer caso você seja arrojado, mas aplique seu capital em investimentos de longo prazo, conservadores. Ao notar que o dinheiro cresce aos poucos, é provável que encerre o ativo sem nenhum lucro.

Portanto, para obter sucesso no mundo dos investimentos, é preciso conhecer os perfis de investidor, e saber qual o seu. Para tanto, é preciso contar com um bom planejamento de investimentos.

Sendo assim, é preciso investir de acordo com seu perfil, para que as metas e objetivos possam ser alcançados. Sem isso, será difícil de criar sua carteira com sucesso. Então, a seguir, você vai conhecer quais são os 3 perfis de investidor.

Descubra os 3 perfis de investidores

Então, os 3 tipos de investidores são conservador, moderado ou agressivo, também conhecido como arrojado. Em geral, o que define o seu perfil de investidor é a sua tolerância aos riscos do mercado de investimento.

Portanto, é preciso analisar certas características para entender seu caso. Então, avalie sua situação financeira, como renda e patrimônio, conhecimento de mercado, objetivos e idade.

O detalhe mais importante são suas metas de vida. Isso porque elas envolvem necessidades financeiras. Dessa forma, conhecer o prazo e a quantidade de dinheiro necessário para cumpri-las é essencial.

1.     Conservador

Aqui, o investidor vai priorizar aplicações seguras. Então, a diversificação de investimentos vai contar com produtos de baixo risco. Entre eles, se encontram:

  • Tesouro Direto;
  • CDB;
  • LC;
  • LCI/LCA;
  • Fundos de renda fixa.

Além disso, o conservador também pode querer adicionar um pouco de renda fixa privada. Para isso, é possível utilizar as debêntures. Outro ponto, é que pode-se investir em aplicações de riscos diferenciados, focando no longo prazo. Entre elas:

  • Fundos multimercados;
  • Fundos de ações;
  • Ações pagadoras de dividendos;
  • Fundos de investimento no exterior;
  • Fundos cambiais;
  • Fundos imobiliários (FIIs).

Porém, esse tipo de aplicação geralmente é encontrado em pequenas parcelas da carteira. Com tudo isso, é possível entender que o conservador busca preservar seu patrimônio. Para tanto, a procura é por investimentos de baixo risco, oscilação e prejuízo.

Um aspecto que incomoda os perfis de investidores conservadores é a falta de liquidez. Então, esse tipo de investidor deve buscar entender as implicações de não aproveitar mais oportunidades financeiras.

2.     Moderado

Aqui se encontram os investidores que estão entre os conservadores e os arrojados. Sendo assim, eles buscam segurança, mas já apresentam maior tolerância aos riscos de longo prazo. Então, é possível buscar investimentos mais arriscados, conforme as possibilidades se modificam.

Para isso, aqueles com perfil de investidor moderado tendem a apresentar versatilidade. Isso porque sabem aproveitar o melhor de cada negociação. Isso envolve a segurança da aplicação, ou ainda lucros acima do padrão.

Para tanto, o moderado já conta com maior conhecimento do mercado. Além disso, possui um patrimônio em ascensão, o que permite diversificar negociações em prazos diferentes, entre curto, médio e longo.

Ou seja, o investidor com esse perfil quer equilibrar suas contas. E, para isso, ele busca o balanço entre lucros e rentabilidade contra o risco envolvido. Então, o moderado possui a segurança da renda fixa, mas ainda costuma aplicar parte do dinheiro em renda variável.

3.     Arrojado ou agressivo

Aqui se encontram os investidores que estão no mercado para altos lucros. Sendo assim, eles estão cientes de que perdas em curto prazo não são para sempre, e sim necessárias para se aproveitar maiores lucros futuros.

Em geral, a ideia dos perfis de investidores agressivos costuma ganhar dinheiro para executar metas de vida que exigem condição financeira alta. Além disso, a ideia também é se aposentar mais cedo, vivendo da renda dos investimentos.

Normalmente, o agressivo busca crescer o seu patrimônio para cumprir alguns objetivos da sua vida e, claro, se aposentar mais cedo para viver da renda de seus investimentos.

Porém, ainda é recomendado que esse investidor agressivo conte com uma reserva de emergência. Isso porque algumas situações do dia a dia exigem dinheiro em curto prazo. Então, é possível encontrar investimentos mais conservadores em meio aos de grande risco.

Esse tipo de investidor costuma conhecer muito sobre o mercado, além de buscar boa rentabilidade e entender riscos para maiores lucros. Então, a ideia é adotar estratégias mais focadas em bons retornos.



Gostou do conteúdo?

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão todos os nossos conteúdos e novidades.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Você também vai querer ler: