Conheça o impacto dos incentivos corporativos no seu negócio

Incentivos corporativos são benefícios e premiações que vão além do salário e do que já é oferecido e acordado na CLT. Eles são importantes para manter os colaboradores engajados e produtivos, além de evitar o turnover excessivo.

Ter colaboradores engajados em uma empresa e ainda mantê-los no quadro de funcionários por um longo período, evitando a rotatividade, não é das tarefas mais simples e faz os profissionais de RH refletirem bastante a respeito. Este é o seu caso?

Pois saiba que os incentivos corporativos são bem importantes no engajamento do time. Com a possibilidade de trabalhar de maneira remota, a competitividade por bons funcionários tem aumentado, afinal, pode-se trabalhar em qualquer cidade do Brasil, ou até do mundo — o anywhere office, inclusive, é um dos novos termos da moda e indica essa possibilidade.

Mas voltando aos incentivos corporativos: qual o impacto deles e como oferecer um programa que faça os olhos de seus funcionários brilharem? Continue neste artigo: trouxemos as melhores informações e dicas!

O que são incentivos corporativos

Incentivos corporativos são benefícios e premiações que vão além do salário e dos benefícios já oferecidos e acordados na Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Eles acabam sendo um jeito eficiente de premiar os colaboradores da sua empresa pelo bom trabalho que estão executando, o que traz um ótimo clima organizacional, sem falar no engajamento de todos.

Muitas empresas desenvolvem programas mais robustos de incentivos, o que faz com que os funcionários tenham metas definidas em mente e trabalhem para alcançá-las.

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Oxford, funcionários felizes são 13% mais produtivos. Esse estudo também indica que existe um espaço considerável para melhorar a felicidade dos colaboradores enquanto estão no trabalho. E é aí que entram os incentivos corporativos. Porém, antes de indicar diversas opções, veja quais são, de fato, as vantagens em oferecê-los.

Por que as empresas devem oferecer incentivos corporativos

Claro que o engajamento dos colaboradores é um dos benefícios principais e isso acaba sendo resultado de um ciclo virtuoso que envolve outras vantagens vindas dos incentivos corporativos. A seguir, listamos todos eles.

Clima organizacional

Você sabe: colaboradores conversam sobre suas alegrias e insatisfações. Uma insatisfação de um pode acabar surtindo um efeito dominó e impactar negativamente a empresa. Em compensação, quando um funcionário tem níveis mais altos de satisfação, o impacto passa a ser positivo.

Na prática, isso resulta em um clima organizacional bem mais favorável à companhia, diminuindo ruídos e queixas. Claro que isso tem impacto direto no todo: de acordo com benchmarkings da GPTW, empresas com clima organizacional saudável tem 7% a mais de lucratividade.

Retenção de funcionários

O turnover pode ser uma dor de cabeça e tanto ao time de RH e à empresa como um todo, perde-se tempo e dinheiro em novas contratações. Porém, quando você tem um bom programa de incentivos corporativos, a situação muda de figura: funcionários satisfeitos ficam quatro vezes mais tempo em seus empregos, quando comparamos com aqueles que não estão felizes.

Mais produtividade

Como já dissemos, colaboradores satisfeitos produzem mais. E o panorama é simples de entender: se o funcionário gosta do trabalho, tem boas recompensas, não faz sentido buscar outra empresa, certo?

Os tipos de incentivos corporativos

Agora que você viu o quanto os incentivos trazem de benefícios a uma empresa, deve estar se perguntando sobre o que oferecer. Veja só quão variadas são as possibilidades

Home Office

O trabalho remoto foi algo que algumas empresas já adotavam, mas acabou sendo imposto pela pandemia. Desde então, inúmeros negócios se mantiveram com esse regime de trabalho. Faz sentido, visto que pesquisas indicam que os funcionários dizem ser 58% mais produtivos em casa.

Mesmo que muitos negócios estejam voltando ao modo presencial (e o bilionário Elon Musk exija a volta ao presencial na Tesla), vale a pena considerar o home office ou o modo remote first, ou seja, empresas que preferem o serviço remoto, mesmo tendo a possibilidade de trabalho presencial.

Descontos em cursos

Um programa de incentivos corporativos pode e deve incentivar seus funcionários a estudarem e se especializarem. Descontos e bolsas de estudos são uma forma interessante de engajar o time, afinal, eles entendem que a empresa está investindo para que possam crescer (preferencialmente dentro da companhia!).

Horários flexíveis

Também com o trabalho remoto, a questão da flexibilidade de horários é algo que pesa na balança. O horário de 8h às 17h com uma hora de almoço nem sempre faz sentido, principalmente no home office.

Por isso, cabe à empresa ter uma cultura de entregas, não de horas. Até porque, sabemos que a produtividade não depende da quantidade de horas trabalhadas, mas sim de objetivos acertados e boas ferramentas. Pense nisso!

Confraternizações

Meta batida. Aniversário da empresa ou de tempo de trabalho. Aniversário do colaborador. Todos esses são bons motivos para que aconteçam confraternizações numa empresa, senão presencial, no home office mesmo — com um incremento no cartão de benefícios para que cada um compre aquilo que prefere para a comemoração. Esse tipo de acontecimento também atua diretamente a favor do clima organizacional.

Cartões-presente

Os cartões-presente funcionam para aniversário dos colaboradores, tempo de empresa, em casos de meta batida e diversas outras situações em que a firma sinta a necessidade de trazer mais incentivos corporativos.

Short Friday

A Short Friday (ou sexta-feira curta em tradução livre) é um período de folga às sextas-feiras que a companhia dá para que os colaboradores comecem o final de semana antes do previsto. É concedida espontaneamente pela empresa, ou seja, esse tempo não precisa ser compensado — pensando que a CLT diz que os colaboradores devem trabalhar um tempo fixo.

Participação nos lucros

A PLR (Participação nos Lucros e Resultados) é uma forma de dividir os lucros com os colaboradores e gerar engajamento e produtividade. Para oferecê-la, é essencial definir metas, estabelecer uma comissão de colaboradores e fazer uma comunicação clara dos termos

O que a lei diz sobre incentivos corporativos

A reforma da Lei Trabalhista aprovada em 2017 e, atualmente em vigor, permite que as empresas criem campanhas de incentivo para motivar os funcionários, melhorando a produtividade e tendo índices mais altos de satisfação dos colaboradores.

O fato é que não importa o pacote oferecido, o importante é ter uma política clara dos incentivos corporativos e que seja comunicada aos funcionários para que entendam como consegui-los sem gerar dúvidas, o que vai repercutir de forma positiva.

Conte com a Mudar para Incentivos Corporativos

Para inovar nos incentivos corporativos, somos seu melhor parceiro. Temos várias categorias, como refeição, alimentação, mobilidade, cultura, saúde, educação e home office, que traz liberdade aos colaboradores para usar como convier.

Saiba mais em nosso site e converse com nossa equipe de especialistas!

Receba informações, novidades e conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail:

Obrigado pela inscrição!
Oops! Algo deu errado.
Tente novamente!
Veja todos os posts
Obrigado pela mensagem!
Em breve retornaremos!
Oops! Algo deu errado. Tente novamente!