Como conquistar a independência financeira

31/5/2021
Como conquistar a independência financeira

São diversas as formas de conquistar a independência financeira e junto disso surgem alguns questionamentos. São refletidos sobre os melhores meios e a maneira pela qual esses passos podem ser dados. Atingir essa realização pessoal pode ser mais fácil e menos demorado do que você imagina.

A independência financeira pode ser compreendida inicialmente como a capacidade de uma pessoa sobreviver apenas com o capital que possui ou através de resultados de investimentos. Essa capacidade é traduzida por um determinado período sem possuir um emprego fixo, seja por decisão própria ou por necessidade.

O que significa conquistar a independência financeira?

O significado de conquistar a independência financeira traduzido de forma genérica, pode-se dizer que é o período em que seu padrão de vida atual poderá ser mantido sem definição final. Esse espaço de tempo permitirá que você viva igualmente, sem necessitar de rendimentos fixos.

A independência financeira pode ser analisada através de estudos realizados por especialistas também, nos quais eles especificam que o valor investido deva ser em média, R$ 200 mil maior do que seus gastos atuais mensais. Entretanto, esses gastos não podem ser abatidos de rendimentos fixos, como os advindos de um emprego.

Como conceituação simples, a independência financeira pode significar o atingimento da sua meta preestabelecida, conseguindo viver da maneira que sempre sonhou sem a necessidade de nenhum emprego ou outra renda fixa. É o momento em que você poderá apenas desfrutar dos rendimentos advindos de seus investimentos.

Como conquistar a independência financeira

Como o cálculo médio da pretendida independência financeira se relaciona com os seus rendimentos atuais, a dificuldade e a maneira pela qual conquistar se baseia em uma mesma proporção, sendo o esforço praticamente igual para todos.

Para conquistar a independência financeira, é importante entender os caminhos e o que você possui, para estudar o melhor meio de atingir a meta traçada.

Verificamos as maneiras mais adequadas para que você consiga conquistar sua independência financeira, através de alguns passos indispensáveis, que devem ser identificados e analisados.

1. Suas rendas atuais

O primeiro passo é identificar suas receitas atuais e por quanto tempo conseguirá mantê-las ou em quanto tempo poderá ampliá-las, assegurando que o pagamento dos seus gastos não seja comprometido.

2. Suas despesas atuais

Suas despesas atuais devem ser colocadas no papel, verificando quais são indispensáveis e se algumas podem ser evitadas ou reduzidas.

3. Os investimentos e os seus retornos

Ao identificar seus recursos atuais e a maneira pela qual eles serão mantidos, deve-se contrapor com as despesas. Após apurar esses valores, é preciso estudar quais investimentos estão dentro do seu orçamento atual e qual o retorno.

4. Espaço de tempo

Junto da análise dos investimentos e seus retornos, devemos entender o espaço de tempo em que receberemos os retornos desses investimentos, para planejar como reinvestir durante o novo espaço de tempo.

Com esses passos, podemos entender a relevância que é estudar e entender no que investir. Assim, para planejar o montante necessário para conquistar a independência financeira dentro do espaço de tempo desejado.

Importância de cuidar da independência financeira

O futuro é algo que não conhecemos, por isso, podemos considerá-lo incerto. Dito isso, a nossa vida pode sofrer diversas variações, sejam elas motoras, mentais ou financeiras. E é nesse ponto que percebemos a importância de cuidar da independência financeira desde cedo, junto dos primeiros rendimentos.

A fim de evitar que seu padrão de vida mude ou você possa passar alguma dificuldade, cuidar dos seus investimentos é cuidar da sua vida, sendo essa a chave para um futuro saudável financeiramente e fisicamente, reduzindo os danos que algumas surpresas indesejáveis podem trazer durante o percurso.

A importância do cuidado com a vida financeira pode ser analisada através de um ponto de vista diferente, pensando em outras questões, como a idade em que deseja parar ou até mesmo se aposentar. Isso refletirá como ela administra seus investimentos ou simplesmente quando tem a intenção de parar.

Como investir seu dinheiro

Uma das primeiras dicas, é assegurar uma quantia em dinheiro, junto de uma predefinição desse montante. Além disso, determine em quanto tempo deseja possuí-lo até investir o capital. Esse tempo servirá para que você consiga definir a melhor destinação, já com um valor minimamente expressivo, o que garantirá retornos mais atraentes.

No mercado atual, diversas são as formas de fazer seu dinheiro trabalhar para você, partindo das pessoas que estão iniciando e possuem poucos recursos. Seguindo até aqueles mais abastados de dinheiro e conhecimento específico. Para conquistar a independência financeira, não importa com quanto começar, mas sim por onde começar.

Para as pessoas que desejam iniciar seus investimentos e aportar seus recursos, aconselha-se que comecem pelo tesouro direto, ações, CDBs, fundos imobiliários ou de renda fixa. Além de serem os mais conhecidos, são os investimentos mais fáceis de conquistar familiaridade.

Para aqueles investidores mais experientes e com recursos amplos, esses investimentos ainda são considerados os mais seguros e comuns, no entanto, um mercado que está crescendo exponencialmente é o de criptomoedas. Apesar de possuírem risco maior que os demais, os retornos podem ultrapassar quaisquer outros tipos de investimentos citados anteriormente.

Como aprender a investir?

Para conquistar a independência financeira você precisa primeiro ampliar o conhecimento específico. Posteriormente, aplicando-o nos investimentos que serão mais rentáveis e os quais se encaixam tanto no seu perfil, quanto nos valores disponíveis. Para aprender a investir, atualmente tem-se um amplo formato disponível, seja através da internet ou presencialmente.

No mundo tecnológico em que vivemos, através da internet e não só das redes sociais, podemos encontrar uma vasta quantidade de materiais de apoio, através de e-books e cursos. Através desses materiais, se faz possível criar uma rotina pessoal, com maior mobilidade de espaço e tempo.

A maneira presencial é menos reconhecida nessa área, mas existe. Presencialmente, as indagações podem ser solucionadas de maneira mais fácil e o contato com os especialistas pode amplificar o relacionamento entre professores e alunos. Além dessas formas, a leitura de livros, revistas e notícias de sites confiáveis deve ter constância.



Gostou do conteúdo?

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão todos os nossos conteúdos e novidades.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Você também vai querer ler: